• usuariozest

BYD anuncia o motor híbrido plug-in mais eficiente do mundo

Atualizado: 23 de Nov de 2020


A BYD anunciou oficialmente a versão de alta eficiência do seu motor 1.5L Xiaoyun, dedicada aos veículos híbridos plug-in, a par de uma nova tecnologia híbrida – DM-i.


O novo motor híbrido plug-in de 1.5 litros é construído especificamente para a tecnologia híbrida DM-i. Com uma eficiência térmica de 43%, este é motor a gasolina com a maior eficiência térmica atualmentente em produção. A alta eficiência de combustível respeita os novos padrões de emissões nacionais da China, com uma experiência de condução nitidamente suave e silenciosa, de acordo com a marca líder global na venda de veículos elétricos.


No mais recente Plano de Desenvolvimento da Indústria de Veículos de Nova Energia do governo chinês para o período 2021-2035, espera-se que os NEV representem 20% do total de vendas de veículos novos na China até 2025, com os híbridos plug-in referenciados como tendo grande potencial.


Com uma estratégia de dupla plataforma, a BYD disponibiliza agora dois tipos de tecnologias híbridas – DM-p e DM-i –, que reforçam a competitividade dos veículos híbridos plug-in relativamente aos veículos de combustão interna.


A plataforma DM-p, focada no desempenho, proporciona maior potência, atraindo o interesse de consumidores que procuram estilos de vida sustentáveis, ao mesmo tempo que mantêm elevadas expectativas em relação à experiência de condução.


Por sua vez, os modelos que integram a nova tecnologia híbrida DM-i integrarão melhorias na redução do consumo de combustível, maior rapidez na aceleração, uma condução mais suave e silenciosa.

Eric Li, diretor-adjunto da BYD Auto Sales, afirma: “A BYD sempre insistiu na auto-suficiência para construir a sua tecnologia de base. Com as nossas vantagens nas novas tecnologias energéticas, conseguimos grandes avanços em várias áreas-chave. O híbrido DM-i irá acelerar a substituição dos carros de combustível tradicionais por veículos de nova energia”.


O motor 1.5L Xiaoyun


De acordo com a marca chinesa, o novo motor Xiaoyun potencia ao máximo os modelos híbridos plug-in, eletrificando acessórios e removendo o tradicional sistema de acionamento do motor dianteiro, reduzindo o desgaste e melhorando a eficiência.


O Xiaoyun apresenta um rácio de compressão (CR) de 15,5, um rácio B/S aumentado, melhor eficiência de combustão através do ciclo Atkinson, um sistema de Re-Circulação de Gás de Escape (EGR), uma série de medidas de redução de fricção e um sistema de controlo do motor otimizado para uma elevada eficiência térmica.


A BYD implementou também, pela primeira vez, a sua nova tecnologia de arrefecimento: através de medições de temperatura on-demand da cabeça do cilindro e do bloco, o arrefecimento é eftuado de forma precisa para que o motor Xiaoyun atinja as temperaturas ideias de funcionamento. Ao mitigar as perdas de calor, o tempo de aquecimento do motor após um arranque a frio é reduzido em 15% a 20%, diminuindo o consumo de combustível e as emissões de carbono durante o processo.


De acordo com a marca chinesa, o novo motor Xiaoyun potencia ao máximo os modelos híbridos plug-in, eletrificando acessórios e removendo o tradicional sistema de acionamento do motor dianteiro, reduzindo o desgaste e melhorando a eficiência.


O Xiaoyun apresenta um rácio de compressão (CR) de 15,5, um rácio B/S aumentado, melhor eficiência de combustão através do ciclo Atkinson, um sistema de Re-Circulação de Gás de Escape (EGR), uma série de medidas de redução de fricção e um sistema de controlo do motor otimizado para uma elevada eficiência térmica.


A BYD implementou também, pela primeira vez, a sua nova tecnologia de arrefecimento: através de medições de temperatura on-demand da cabeça do cilindro e do bloco, o arrefecimento é eftuado de forma precisa para que o motor Xiaoyun atinja as temperaturas ideias de funcionamento. Ao mitigar as perdas de calor, o tempo de aquecimento do motor após um arranque a frio é reduzido em 15% a 20%, diminuindo o consumo de combustível e as emissões de carbono durante o processo.


Para melhorar o desempenho em termos de ruído, vibração e dureza (NVH – Noise, Vibration, Harshness), o motor integra componentes otimizados, como a cambota, rolamentos, bloco de cilindros, coletor, cabeças dos cilindros, além de outros componentes do sistema híbrido plug-in.


Fonte: Green Future-AutoMagazine




0 visualização0 comentário

© 2021 por ZEST- Marketing e Eventos